lunes, 18 de mayo de 2015

A quinta pesquisa anual da DataCore sobre o Estado do Armazenamento Software-Defined (SDS) revela uma surpreendente falta de investimento em Big Data, armazenamento Objeto e OpenStack

Em contrapartida, mais da metade das organizações pesquisadas (52 por cento) busca ampliar a vida útil do seu equipamento de armazenamento e no futuro melhorar a sua infra-estrutura com o armazenamento software-defined (SDS) em 2015 .

São Paulo, 18 de maio de 2015 A DataCore anuncia hoje os resultados da sua quinta pesquisa anual sobre O Estado do Armazenamento Software-Defined. A pesquisa do 2015 explora o impacto mundial do SDS e transmite a experiência de 477 profissionais de TI que atualmente usam o valoram o armazenamento software-definided (SDS), para enfrentar os seus desafios mais críticos em quanto ao armazenamento dos dados. Os resultados oferecem um ponto de vista impressionante de uma seleção de indústrias cruzadas e uma ampla gama de cargas de trabalho.
A pesquisa também analisa o investimento nas tendências mais comentadas, incluindo Big Data, armazenamento objeto e OpenStack. Inesperadamente, os resultados mostram que um pouco financiamento será atribuído em 2015 para essas iniciativas. Algumas das razões podem ser explicadas pelo número de decepções que foram descobertas na pesquisa.

Além disso, o relatório revela vários grandes negócios para a implementação do armazenamento software-defined durante este ano. O 52 por cento dos entrevistados esperam que o SDS prolongue a vida útil do seu equipamento de armazenamento existente e melhore a estrutura futura, permitindo-lhes absorver facilmente as novas tecnologias. Quase a metade dos entrevistados esperam que o SDS evite que sejam vinculados a um único fabricante de hardware, reduzindo os custos com uma maior opção de compra de equipamentos de fornecedores mais competitivos. Operacionalmente, os entrevistados acreditam que o armazenamento software-defined simplifica o gerenciamento dos diferentes tipos de armazenamento por meio da automação das operações freqüentes ou complexas. Isto é notável em comparação com as primeiras pesquisas realizadas, porque esses resultados mostram um maior reconhecimento dos benefícios gerados pelo armazenamento software-defined (redução CAPEX), complementando a economia em OPEX referenciada nos anos iniciais.

As outras surpresas incluem: enquanto a penetração da tecnologia flash expande, ainda é ausente no 28 por cento dos casos, e o 16 por cento disseram que não atingiram as suas expectativas de aceleração. Também é interessante notar que o 21 por cento relataram que os sistemas hiperconvergentes altamente elogiados não forneceram o desempenho requerido ou que não se integraram corretamente na sua infra-estrutura. Além disso, o armazenamento software-defined e a virtualização de armazenamento estão sendo demandados ​​agora de forma urgente, com um 72 por cento das organizações que estão investindo de forma importante nestas tecnologias durante o 2015. O 81 por cento também espera níveis similares de investimento em tecnologias de armazenamento software-defined que serão incorporadas com os servidores SAN/SANs virtuais e soluções de armazenamento convergente.

Outros destaques da pesquisa DataCore 2015 - O estado do armazenamento Software-defined incluem:
 
  • A habilidade de adicionar capacidade ao armazenamento sem interrupção do negócio é identificado como uma das principais razões para a escolha de um software de virtualização de armazenamento (52 por cento dos inquiridos). A compatibilidade de mirroring síncrono e metro clusters para alta disponibilidade e a possibilidade de garantir a continuidade do negócio e replicação assíncrona dos dados para a recuperação do armazenamento remoto local ante desastres, também são algumas das principais características da lista.
  • Mais da metade dos entrevistados (53 por cento), dizem que atualmente têm menos de 10 por cento da sua capacidade de armazenamento atribuída ao armazenamento flash. O número de participantes que responderam que o flash é mais do 40 por cento da sua capacidade de armazenamento é de apenas 9 por cento.
  • Mais de 60 por cento dos entrevistados sofreram degradação do desempenho ou incapacidade para melhorar o desempenho depois da virtualização das cargas de trabalho do servidor. Quando foram perguntados sobre as principais causas dos problemas de desempenho, o 61 por cento dos entrevistados culparam aos aplicativos lentos e o 46 por cento os dispositivos de armazenamento de legado que dispõem.
·         Os erros humanos estão impulsionando a necessidade de uma maior automatização. Está ficando bastante claro que a complexidade que acompanha o crescimento dos dados e a diversidade, ainda são um grande pedágio, devido que o 61 por cento dos entrevistados indicou que os erros humanos estão detrás das interrupções das aplicações e dos centros de dados. 

A tecnologia de armazenamento Software-defined: O motor da indústria

"Este estudo lança uma nova luz sobre a forma como os profissionais de TI abordar as inovações relacionadas com o armazenamento. Os dados revelan que muitas organizações estão se afastando das funções de armazenamento relacionadas com um hardware específico e estão recebendo CAPEX real e a economia de OPEX, além do poder de compra adicional, para não ficar presos a um hardware específico ou ser forçados a fazer "novas compras" para modernizar a sua infra-estrutura de armazenamento. Nele também se observa que as tecnologias mais promovidas como o armazenamento objeto, estão muitas vezes à margem dos programas-piloto, onde espera-se avaliar o seu valor", disse George Teixeira, presidente e CEO da DataCore. "O armazenamento Software-Defined e o software de virtualização de armazenamento, no entanto, estão fornecendo os recursos que o mercado está exigindo, neste momento, como a disponibilidade contínua, um desempenho mais rápido e uma maior eficiência. Estes benefícios concretos cobram mais importância em 2015, cumprindo com as promessas futuras de tecnologias já provadas e de startups".

"Duas grandes surpresas estão entre os resultados evidentes", disse Deni Connor, analista da fundação SSG-NOW. "A ausência das despesas de curto prazo em Big Data e em armazenamento objeto entre a maioria dos entrevistados, e a relativamente pequena penetração da Flash através destas 477 organizações. O que não é surpreendente é o aumento dos níveis de investimento em iniciativas de armazenamento Software-Defined conhecido por oferecer uma recompensa mais imediata".

Os entrevistados do estudo DataCore: Pesquisa sobre o Estado do Armazenamento Software-Defined provêm de um conjunto diversificado de organizações, tanto em tamanho como da indústria, e fornece informações estatisticamente significativas sobre a semelhança de necessidades do SDS em uma ampla gama de ambientes TI. Os participantes estão na América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia, em uma ampla gama de mercados verticais, incluindo serviços financeiros, saúde, governo, manufatura, educação, serviços de TI e outras indústrias relacionadas. O 45 por cento dos entrevistados são organizações com menos de 500 funcionários, o 31 por cento dos entrevistados de organizações com 500 a 5.000 funcionários e um 23 por cento pertencem a organizações com mais de 5.000 funcionários.


A pesquisa 2015 sobre o Estado do armazenamento Software-Defined da DataCore foi realizada no mês de abril de 2015. Para ver o estudo completo, visite: www.datacore.com/sds2015.


Sobre a DataCore Software
DataCore Software é o fabricante pioneiro no software de virtualização do setor de armazenamento. Seus programas especializados na criação de plataformas de infra-estrutura, resolvem o grande problema que retarda as iniciativas de virtualização, eliminando as barreiras e os obstáculos que tornam a virtualização um processo difícil e custoso. Miles do mesmo as organizações que têm grandes ou médias estruturas, bem como várias empresas globais, usam o software da DataCore para proteger seus dados, reduzir o risco e estender a vida de seu investimento, fazendo suas estruturas de armazenamento em um ambiente de armazenamento, robusto e capaz de responder às suas necessidades. DataCore enfoca a crescente demanda para o armazenamento e a proliferação de máquinas virtuais e desktops, oferecendo alto desempenho e disponibilidade inigualável, capaz de suportar uma infra-estrutura de TI resistente, ágil e econômica. Para obter mais informações, visite o site: www.datacore.com DataCore e o logótipo DataCore são marcas registradas pela DataCore Software Corporation.
Qualquer outro produto DataCore, serviços, logotipos ou nomes mencionados, são marcas registradas da DataCore Software. Todos os outros produtos, serviços e nomes de empresas mencionados aqui são marcas registradas de seus respectivos proprietários.

Sede Espanha:
DataCore Software Corporation
Sebastien Loisy
Country Manager España y Portugal
Mobile: +34 608 089 781

Sede Central:
DataCore Software Corporation
Said Boukhizou
Technical Account Manager – Francia y España.
Mobile: +33 6 80 64 78 66

Contactos Imprensa:

Alemania - Konzept PR / KPR Global Communications
Michael Baumann, PR Director
T.: +49-821-343000
mbaumann@kprglobal.com

Brasil/Espanha - BlaNZ Marketing y Comunicación, S.L. for Konzept PR / KPR
Rafaela Almeida - Marketing & PR Manager
Rambla de Catalunya 120 4º 4ª
08008 - Barcelona
T.: +34 93 528 57 89
Fax: +34 93 528 76 13





No hay comentarios: